O que é marketing conversacional e como pode ajudar a sua empresa?

O que é marketing conversacional
 
Aplicar diferentes estratégias de marketing é muito importante para se aproximar dos clientes de sua empresa. Você sabe o que é Marketing Conversacional?

 

Dentre elas, uma que pode trazer bons resultados é o contato em tempo real, que ajuda no processo de decisão de compra. Mas você sabe como fazer isso? Descubra entendendo o que é marketing conversacional.

 

No post a seguir, confira o conceito dessa estratégia e veja suas vantagens. Saiba também como aplicá-la em sua empresa. Boa leitura!

 

Afinal, o que é marketing conversacional?

Basicamente, o marketing conversacional é uma estratégia para entrar em contato com os clientes em tempo real, a fim de orientá-los a seguir pelo funil de vendas e finalizar um processo de compra. Para isso, requer que a empresa ofereça esse suporte em tempo real por meio do contato com algum atendente ou, principalmente, com um chatbot.

 

Aliás, usar a tecnologia para implementar o marketing conversacional é um dos meios mais eficazes. Isso porque seria possível usar uma equipe, mas isso significaria custos e investimento de tempo com leads que nem sempre são ideais. Portanto, usando ferramentas, como os chatbots, é possível escalar esse atendimento de forma mais rápida e direcioná-lo para a equipe de vendas.

 

Assim, sendo um dos objetivos do marketing conversacional a garantia de leads qualificados, essa estratégia deve ser bem implementada para entender com qual tipo de cliente se está falando e levar apenas os ideais para o atendimento final, para que ocorra a conversão.

 

marketing conversacional. Como pode ajudar a sua empresa?

 

Quais são as vantagens do marketing conversacional?

 

Agora que você sabe o que é marketing conversacional, pode conferir todas as vantagens de aplicar essa estratégia em sua empresa!

 

Otimizar o tempo da equipe

 

Se você tem uma equipe pequena, que deve ser produtiva, todos os contatos que chegam até ela devem ser qualificados para que possam fechar a venda.

 

Sendo assim, o uso de ferramentas ajuda a filtrar os interessados em seu produto, garantindo que a equipe atenda apenas quem realmente vai comprar.

 

Além disso, o cliente conseguirá ser atendido a qualquer hora e em qualquer dia, sem a necessidade de o colaborador estar disponível.
 
Otimizar o tempo da equipe
 

Promover um atendimento de qualidade

 

Com o uso de tecnologias, você pode oferecer um atendimento melhor.

 

Afinal, o chatbot consegue responder dúvidas simples rapidamente, ajudando tanto o cliente quanto o colaborador.

 

Com isso, o consumidor pode chegar à tomada de decisão mais satisfeito e com mais conhecimentos sobre o produto, pronto apenas para fechar a venda.

 

Além disso, programando essas ferramentas com a tecnologia certa, você consegue personalizar todo o atendimento, não só chamando o contato pelo nome, mas criando uma linguagem própria, que possa fazê-lo se identificar e continuar a conversa.

 

Obter leads qualificados

 

Conseguir mais leads é um dos motivos principais de saber o que é marketing conversacional. Afinal, por meio de estratégias bem aplicadas, é possível atraí-los conforme seu interesse no produto ou serviço. Com isso, durante a conversa, torna- se mais fácil guiar as pessoas mais preparadas para a conversão.

 

Conseguir informações

 

Sempre que se conversa com o cliente, há muita oportunidade para coletar dados e entender melhor seu público.

 

Porém, pesquisas de mercado nem sempre alcançam os resultados esperados. Sendo assim, a conversa com o cliente, mesmo por chatbot, é uma forma de conhecê-lo de forma mais natural.

 

Nesse caso, vale um cuidado maior com o que se pergunta, para que a pessoa não desista com medo de compartilhar dados.

 

Ter uma mensuração eficiente

 

Todos os dados que uma empresa puder coletar são úteis. Sendo assim, por meio do marketing conversacional, é possível alcançar informações mensuráveis, que vão gerar uma análise mais eficiente.

 

Com isso, pode-se conhecer melhor o cliente, mas também compreender quais estratégias aplicadas por sua empresa estão dando certo.
 
Coleta de dados e atendimento
 

Como aplicar essa estratégia em sua empresa?

 

Depois de descobrir o que é marketing conversacional e por que usá-lo, a sua preocupação deve ser em como aplicar essa estratégia. Para isso, é preciso considerar alguns pontos importantes.

 

Implementação

 

O marketing conversacional pode ser aplicado em diferentes canais de sua empresa. Por exemplo, em seu site e blog, bem como na própria unidade de call center.

 

Além disso, é imprescindível integrar as ferramentas de atendimento às suas redes sociais. Dessa forma, os consumidores poderão entrar em contato com a empresa a qualquer momento.

 

Coleta de dados e atendimento

 

Se você vai usar o marketing conversacional como ferramenta para conhecer leads, precisa saber como coletar os dados e fazer o atendimento.

 

No primeiro caso, é importante definir quais dados essenciais você precisa do cliente, além de explicar seu uso para que ele saiba o porquê de passá-los.

 

Além disso, para direcionar corretamente a pessoa, você pode montar uma conversa com base em condicionais, para ir filtrando os consumidores.

 

Já no segundo caso, o atendimento em si, é muito importante que o chatbot use uma linguagem compatível com a sua empresa, bem como aplique estratégias de personalização para deixar o contato mais “humanizado”. Assim, é mais fácil alcançar o engajamento do consumidor.

 

Adequação e variedade

 

A aplicação do marketing conversacional pode ocorrer de diferentes formas. Afinal, cada empresa tem suas próprias necessidades e equipe, além de um tipo de cliente. Por isso, algumas estratégias utilizadas variam conforme o acesso desse consumidor.

 

Por exemplo, na página inicial de seu site, ele terá acesso a algumas informações e, a partir delas, acessa a área que deseja.

 

Nesse caso, a atração deve ser eficaz, já que a atenção dele pode ser perdida facilmente.

 

Para isso, além da humanização e personalização do contato, é preciso focar em abordagens mais pertinentes, por exemplo, um convite para conhecer as promoções da semana.

 

Já em uma página de produto, o cliente pode pesquisar informações sobre funcionamento, preço e garantia. Portanto, o contato nesse espaço pode ser relacionado diretamente com o que esse cliente está vendo naquele instante.

 

Por sua vez, em um espaço decisivo, como um orçamento para serviço, o contato deve ser ainda mais afunilado, já que o interesse dele está mais claro.

 

Nesse caso, vale oferecer propostas interessantes e mais personalizadas, que possam captar seu interesse para seguir pelo funil até efetivar a contratação.

 

Atualmente, é inviável disponibilizar um atendente para responder às dúvidas dos consumidores o tempo todo. Sendo assim, o uso de estratégias de marketing facilita o contato para os clientes, ao mesmo tempo em que direciona apenas os leads de qualidade para o atendimento com a sua equipe.

 

Por isso, é tão importante saber o que é marketing conversacional e como aplicá-lo corretamente em sua empresa.

 

Afinal, além de poupar tempo, ele ajuda a otimizar o seu relacionamento com o consumidor e expandir a atuação de sua empresa.

 

Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais e mostre todo o potencial da estratégia de marketing conversacional!